07:17 14 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Bandeira do grupo terrorista Daesh

    Inteligência do Iraque: 'número dois' do Daesh foi eliminado durante ataque aéreo

    © Sputnik / Andrei Stenin
    Oriente Médio e África
    URL curta
    260
    Nos siga no

    O "número dois" do grupo terrorista Daesh, Ayad al-Obaidi foi liquidado durante um ataque aéreo, informou a agência Mawazin, citando fontes na inteligência iraquiana.

    "Ayad al-Obaidi foi morto há aproximados 14 dias, nos arredores da cidade de Tal Afar, no Iraque, em um ataque aéreo realizado contra o seu esconderijo", informou a fonte à agência.  

    Segundo a agência, al-Obaidi, de 50 anos, era o ministro de guerra dos terroristas. A imprensa afirmava que al-Obaidi estava se preparando para suceder Abu Bakr al-Baghdadi.

    Na sexta-feira passada, o ministro da Defesa dos EUA, James Mattis, declarou que Baghdadi, em sua opinião, poderia estar vivo. Mais cedo, a emissora iraquiana Al Sumaria informou que uma fonte no Daesh reconheceu a morte de Baghdadi. A emissora revelou que um comunicado interno do grupo terrorista anunciou a morte do seu líder e que o nome do seu sucessor seria anunciado em breve. Antes disso, o ministério da Defesa da Rússia havia anunciado que Baghdadi poderia ter sido eliminado durante um ataque aéreo russo, realizado em 28 de maio, nos arredores da cidade de Raqqa, na Síria. 

    Mais:

    Especialista: eliminação do líder do Daesh não é o fim do 'câncer' do terrorismo
    Baghdadi vivo ou morto? Rússia vê 'contradições' sobre a morte de líder do Daesh
    Que tática escolherá o Daesh depois da derrota?
    Inteligência iraquiana nega a morte de Baghdadi: líder do Daesh pode estar vivo?
    Líder do braço afegão do Daesh é morto em ataque dos EUA, diz Pentágono
    Tags:
    ataque aéreo, Daesh, Mawazin, Abu Bakr al-Baghdadi, Ayad al-Obaidi, Tal Afar, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar