14:02 30 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Conflito em Jerusalém (15)
    3573
    Nos siga no

    O líder da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, fez um apelo aos EUA para que intervenham na situação no Monte do Templo, onde há confrontos entre polícia israelense e fiéis palestinos.

    A situação pode ficar incontrolável, frisou Abbas, citado pela agência de notícias Wafa.

    A mesma fonte diz que o líder palestino discutiu a situação no Monte do Templo com Jared Kushner, conselheiro e genro do presidente dos EUA, Donald Trump. A conversa teve por objetivo persuadir Washington a intervir imediatamente no conflito, forçando Israel a retirar os detectores de metal, instalados pelo governo israelense neste santuário.

    Hoje, Mahmoud Abbas vai reunir o seu governo para uma sessão urgente para preparar uma resposta às ações de Israel.

    Manifestantes palestinos queimam um pneu em Belém em 21 de julho de 2017; confrontos com polícia começaram após tensão por causa da entrada dificultada ao Monte do Templo
    © REUTERS / Mussa Qawasma
    Manifestantes palestinos queimam um pneu em Belém em 21 de julho de 2017; confrontos com polícia começaram após tensão por causa da entrada dificultada ao Monte do Templo

    Nesta sexta-feira (21), um adolescente palestino morreu durante confrontos com a polícia de Israel no Monte do Templo, santuário judeu e muçulmano em Jerusalém.

    O tumulto de hoje se iniciou ainda na semana passada. Em 14 de julho, dois agentes da polícia israelense morreram e mais um ficou ferido por causa de um tiroteio iniciado por três agressores, que foram mortos pela polícia em seguida. O atentado fez com que Israel aumentasse as medidas de segurança no local. A instalação de detectores de metal foi uma destas medidas. A administração islâmica do Monte do Templo, Waqf, pediu para que os fiéis não passassem pelos detectores de metal, exigindo que o governo israelense os retirasse. Isso não aconteceu; mais do que isso, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou, no início desta semana, que os detectores de metal seriam mantidos.

    Tema:
    Conflito em Jerusalém (15)

    Mais:

    Israel tenta 'intervir mais ativamente' no conflito sírio
    Principal templo de Israel reabre 2 dias depois do ataque terrorista
    Tags:
    judaísmo, islã, religião, manifestantes, polícia, Al-Aqsa, Mahmoud Abbas, Monte do Templo, Cisjordânia, Jerusalém, Palestina, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar