06:09 19 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Navio da Marinha turca

    Tensões no Mediterrâneo: Turquia envia fragatas e submarino à costa do Chipre

    © AFP 2017/
    Oriente Médio e África
    URL curta
    3152614

    Ancara enviou duas fragatas e um submarino para controlar um navio de perfuração de Chipre no Mediterrâneo oriental, comunicou uma fonte militar citada pela Reuters.

    O envio foi efetuado após o fracasso das negociações sobre a reunificação da ilha, dividida entre a parte turca (habitada por cipriotas turcos) e cipriota (habitada por cipriotas de origem grega), comunica a Reuters.

    Duas fragatas e um submarino turco foram enviados em 13 de julho às costas de Chipre para controlar a atividade de exploração de gás e petróleo por Chipre. De acordo com uma fonte anônima no exército turco citada pela Reuters os navios de guerra foram deslocados para "garantir a segurança do transporte petrolífero". 

    Anteriormente, Ancara havia avisado Chipre de que tomaria medidas contra o país por causa da produção petrolífera conjunta com a empresa francesa Total ao largo das costas do Chipre, realizada pelo navio West Capella fretado pela Total e pela Eni italiana. 

    De acordo com a posição turca, os recursos extraídos nas águas da ilha devem ser divididos entre as duas partes. 

    ​De acordo com o ministro das Relações Exteriores turco, Mevlut Cavusoglu, Ancara já começou a preparar medidas contra as decisões unilaterais dos cipriotas. Ele acrescentou também que o envio do West Capella mostra que os cipriotas não mostraram sinceridade durante as negociações sobre a reunificação realizadas na semana passada. 

    Mais:

    'Não aceitaremos': Turquia adverte Grécia a não povoar ilhotas do Egeu
    Grécia pretende povoar ilhas no mar Egeu por receio da Turquia
    Tags:
    tensões, disputa, exploração, gás, negociações, petróleo, Marinha, Chipre, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik