13:07 22 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Navio militar russo passa pelo esterito do mar Negro do Bósforo em direção do mar Mediterrâneo, 6 de outubro de 2015

    Rússia e Turquia seguirão cooperando em zonas de segurança na Síria

    © AP Photo /
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 40

    Rússia seguirá cooperando com a Turquia, no âmbito das negociações de Astana sobre a Síria, na zonas de segurança no país árabe, declarou aos jornalistas o novo embaixador russo em Ancara, Aleksei Erkhov.

    Ele destacou que a Turquia é um dos parceiros mais importantes da Rússia no processo de paz na Síria.

    "Isso é confirmado pela nossa intensa colaboração com colegas da Turquia em Astana e no âmbito de Astana", disse o diplomata.

    "A Turquia está nessa região, sua fronteira com a Síria é de mais de 900 quilômetros. A terra 'em chamas' está bem ao lado", destacou Erkhov. 

    "Por isso é natural a nossa intensa cooperação com a Turquia, que seguirá acontecendo no que se refere às zonas de segurança e ao monitoramento do regime de cessar-fogo e muitos outros temas", concluiu o novo embaixador russo.

    No dia 7 de julho, o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, informou que os especialistas da Rússia, dos EUA e da Jordânia celebraram um memorando sobre a criação de zona de segurança no sudeste da Síria. O regime de cessar-fogo na região entrou em vigor no domingo.

    Mais:

    Moscou: zonas de segurança na Síria não são um ensaio para possível divisão do país árabe
    Irã pode enviar militares para policiar zonas de segurança na Síria
    Lavrov: Zonas de Segurança deverão se multiplicar por toda a Síria
    Tags:
    embaixador, embaixada russa, relações bilaterais, cooperação bilateral, zonas de segurança, Aleksei Erkhov, Turquia, Rússia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar