21:22 18 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Tropas iraquianas em Mossul

    Terroristas do Daesh tentam efetuar contraofensiva em Mossul quase libertada

    © REUTERS / Muhammad Hamed
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 13

    Os militantes do agrupamento terrorista Daesh, proibido na Rússia e em vários outros países, empreenderam uma tentativa de contraofensiva contra as forças governamentais na cidade iraquiana de Mossul, comunica a Associated Press, citando uma fonte no exército do Iraque.

    Frisa-se que os terroristas, que são entre 50 e 100, estão conduzindo combates no norte da cidade antiga. Segundo informa a AP, desde o meio-dia os jihadistas obrigaram as tropas governamentais a recuarem uns 75 metros, criando o perigo de que os terroristas também possam avançar em outras direções nessa região.

    De acordo com um médico de um dos postos de assistência locais, o pessoal de saúde está prestando atenção ao menos a 10 militares feridos.

    Os militantes continuam controlando um campo de operações que abrange por volta de 250 metros quadrados na margem do rio Tigre, o que pode provocar ainda mais danos na cidade.

    Na semana passada, o premiê iraquiano, Heider Abadi, afirmou que a libertação da principal mesquita de Mossul, al-Nuri, onde o líder do Daesh tinha proclamado o califado em 2014, significa o fim do "falso Estado do Daesh". O representante oficial da coalizão, Ryan Dillon, assegurou que a libertação completa da cidade poderá ser anunciada dentre de alguns dias.

    Mais:

    Por que os soldados iraquianos obrigam civis a ficarem nus em Mossul?
    Queda de Mossul, baluarte jihadista, significará breve derrota do Daesh?
    Vitória se aproxima: Assim é Mossul em dias de luta contra Daesh
    Tags:
    jihadismo, contra-ofensiva, Daesh, Mossul, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar