07:00 15 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Um membro das Forças de Operações Especiais do Iraque (ISOF) carrega um lançador de foguetes na Universidade de Mossul durante uma batalha contra militantes do Daesh (Estado Islâmico). Mossul, Iraque

    Por que os soldados iraquianos obrigam civis a ficarem nus em Mossul?

    © REUTERS / Ahmed Saad
    Oriente Médio e África
    URL curta
    5110
    Nos siga no

    As forças militares iraquianas estão próximas da libertação completa de Mossul, que estava completamente nas mãos dos terroristas do Daesh, mas a atitude de obrigar civis a ficarem nus vem chamando a atenção da mídia internacional.

    Quem tenta deixar os seus refúgios, uma vez que os militares iraquianos ganham terreno na cidade, acaba sendo obrigado a tirar toda a sua roupa.

    A medida se justifica: seria uma forma de descobrir se há a presença ou não de explosivos embaixo das roupas daqueles que se saem de suas casas.

    Na última segunda-feira, duas mulheres suicidas detonaram um explosivo próximo às tropas do Iraque, matando um soldado, de acordo com a Agência Associated Press.

    Assim, os militares iraquianos têm vasculhado, casa a casa, em busca de terroristas do Daesh que possam estar fugindo do fogo cerrado que atinge a cidade iraquiana há meses.

    Segundo dados da ONU, a libertação de Mossul já custou a vida de 80 mil pessoas, enquanto o número de pessoas feridas e desabrigadas pela violência na cidade chegou a 900 mil.

    Mais:

    Deputado sírio: EUA querem invadir Síria como antes invadiram Iraque
    Portugueses no Iraque estão seguindo a lógica da invasão americana de 2003?
    Caos na região: Iraque tem que se resignar à presença de tropas norte-americanas
    Primeiro-ministro do Iraque declara fim do 'falso estado' do Daesh em Mossul
    Tags:
    segurança, bomba, terrorismo, guerra, ONU, Daesh, Mossul, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar