03:36 28 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    17100
    Nos siga no

    O combate ao terrorismo na Síria continuará até o fim, estando o líder do grupo terrorista Daesh, Abu Bakr al-Baghdadi, morto ou não, declarou o vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Gennady Gatilov.

    Ao ser perguntado por jornalistas se ele teria a confirmação da morte do líder do Daesh, o alto funcionário russo respondeu negativamente.

    A possível morte de Baghdadi "é um aspecto importante, mas a luta antiterrorista não acaba nisso", disse Gatilov.

    "Independentemente de sua morte ou não, o nosso objetivo segue sendo o mesmo: erradicar a ameaça terrorista procedente da Síria", afirmou o vice-ministro aos jornalistas em Roma.

    Segundo o diplomata, a Rússia mantém uma posição bastante firme sobre o tema e Moscou espera desenvolver ainda mais a cooperação e a unificação da comunidade internacional para liquidar de vez com a ameaça do terrorismo global.

    Mais:

    Baghdadi está morto: Guarda Revolucionária do Irã confirma a morte do líder do Daesh
    Lavrov: Rússia não tem confirmação segura da morte de al-Baghdadi
    Mídia: líder do Daesh al-Baghdadi é eliminado em Raqqa
    Tags:
    Gennady Gatilov, Abu Bakr al-Baghdadi, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar