02:49 22 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Polícia federal iraquiana em Mossul ocidental, 7 de março de 2017

    Grande quantidade de substâncias químicas para bombas é encontrada em Mossul

    © AP Photo / Khalid Mohammed
    Oriente Médio e África
    URL curta
    120

    A direção da Polícia Federal do Iraque comunicou que, durante a operação de libertação da parte ocidental de Mossul, foram encontradas 32,5 toneladas de nitrato de amônio utilizado por terroristas para produzir bombas.

    De acordo com os documentos obtidos da polícia, 1,5 toneladas de substâncias químicas foram encontradas na parte sul da cidade, e 31 toneladas – na parte ocidental, já praticamente libertada dos terroristas.

    Documentos sobre explosivos obtidos pela polícia do Iraque
    © Sputnik /
    Documentos sobre explosivos obtidos pela polícia do Iraque

    Os mesmos documentos contêm informação sobre as baixas do Daesh desde o início da operação de libertação de Mossul.

    Assim, as forças iraquianas libertaram mais de 21 mil habitantes locais, foram encontradas 2 valas comuns com civis mortos às mãos de terroristas e libertados 190 bairros da cidade que ocupam uma área de 2,6 mil quilômetros quadrados.

    Segundo comunicou o chefe da Polícia Federal Raed Shakir à Sputnik Árabe, a polícia está se preparando para a redução do número de efetivos da sua estrutura.

    A redução vai ser iniciada após a libertação completa de Mossul do Daesh, que vai ser em breve anunciada pelo primeiro-ministro do Iraque Haider al-Abadi.

    Mais:

    Forças iraquianas libertam mais duas áreas em Mossul Ocidental
    Queda de Mossul, baluarte jihadista, significará breve derrota do Daesh?
    Tags:
    bomba, explosivos, terroristas, libertação, polícia, documentos, Daesh, Iraque, Mossul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar