08:29 18 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Militantes do grupo xiita libanês Hezbollah

    Hezbollah ameaça Israel com 'milhares de combatentes' de outros países

    © AP Photo / Mohammed Zaatari
    Oriente Médio e África
    URL curta
    23207

    O líder do grupo xiita libanês Hezbollah, Hassan Nasrallah, advertiu que caso Israel desencadeie uma guerra contra a Síria ou o Líbano, "centenas de milhares de combatentes" virão lutar de outros lugares do Oriente Médio.

    A tensão entre Israel e o seu inimigo Hezbollah tem aumentado nos últimos meses, após Donald Trump ter chegado ao poder nos EUA, fazendo do Irã foco de suas críticas.

    "O inimigo israelense tem que saber que caso lance uma guerra contra a Síria ou o Líbano, a luta não se limitará a ser libanesa e israelense ou síria e israelense", afirmou Nasrallah em um discurso transmitido pela televisão.

    Ele sublinhou que "isto não quer dizer que haja Estados que vão intervir diretamente, mas poderia se abrir o caminho para que milhares, inclusive centenas de milhares de combatentes de todo o mundo árabe e islâmico participem, do Iraque, Iêmen, Irã, Afeganistão e Paquistão".

    Nasrallah faz advertências a Israel periodicamente como parte de uma política de dissuasão, segundo alguns analistas.

    Mais:

    'Com Irã não se brinca': uma mensagem clara a Israel, EUA e Arábia Saudita
    Hezbollah prevê ofensiva em território de Israel
    Tags:
    ameaça, conflito, Hezbollah, Hassan Nasrallah, Líbano, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik