17:43 29 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    320
    Nos siga no

    As forças iraquianas anunciaram o início de uma ofensiva ao centro histórico da cidade de Mossul, o último baluarte dos jihadistas do Daesh (grupo terrorista, proibido na Rússia e outros países).

    "O exército, as unidades antiterroristas e a polícia federal lançaram um ataque contra a Cidade Velha", cita a AFP o tenente-general Abdul-Amir Rasheed Yar Allah, comandante das forças iraquianas em Mossul.

    Em 15 de junho, os militares iraquianos recuperaram o primeiro bairro do centro histórico.

    Até 150.000 civis, de acordo com algumas estimativas, ainda permanecem em áreas controladas pelo Daesh.

    As tropas governamentais libertaram os bairros orientais de Mossul em janeiro, após três meses de combates, e, em fevereiro, começaram as operações no oeste da cidade contra centenas de combatentes do Daesh que estão usando a Cidade Velha como último refúgio.

    Desde o final de abril, as forças iraquianas continuam avançando desde o noroeste em direção ao baluarte jihadista, depois de tê-lo assaltado, sem sucesso, desde o sul durante semanas.

    Mais:

    Foi revelado para onde vão cabecilhas do Daesh depois de fugirem de Raqqa e Mossul
    5 suspeitos dos ataques em Teerã anteriormente agiram em Raqqa e Mossul
    Caçador Noturno: Mi-28 ataca posições do Daesh em Mossul (360° VÍDEO)
    Tags:
    cidade libertada, ofensiva, Daesh, Mossul, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar