08:38 16 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Vladimir Putin na conferência de OCX, 23 de junho de 2016

    Putin convoca comunidade internacional para derrotar terrorismo

    © Sputnik / Michael Klimentyev
    Oriente Médio e África
    URL curta
    2191
    Nos siga no

    A luta contra o terrorismo deve ser exaustiva e marchar rumo à união construtiva de todos os países, reforçou o presidente da Rússia, Vladimir Putin.

    "Sublinhei em reiteradas ocasiões que somente é possível vencer este mal através da união honesta e construtiva dos esforços de todos os países, baseando-se no cumprimento estrito do direto internacional, a luta contra os terroristas deve ter carácter exaustivo e sem concessões", reforçou o líder russo.

    Assim mesmo, os países da OCX intensificarão seus esforços para solucionar conflitos regionais, incluindo o da Síria, acrescentou Putin.

    "Tenho certeza de que iremos intensificar os esforços conjuntos para uma solução política, diplomática, dos conflitos regionais, em todo o Oriente Médio e, particularmente, na Síria", declarou Putin ao discursar na cimeira da OCX, que está sendo realizada na capital do Cazaquistão, Astana.

    Segundo ele, a OCX poderia trabalhar de forma mais ativa na solução do conflito no Afeganistão.

    "Propomos restaurar os trabalhos do grupo de contato OCX-Afeganistão, que foram suspendidos em 2009", disse o presidente da Rússia.

    A situação no Afeganistão, de acordo com o líder russo, é a chave para garantir a segurança regional.

    Putin reafirmou que o conflito afegão não será resolvido através de soluções militares e que a Rússia, assim como os demais participantes da OCX, defende solução política através de acordo entre as forças afegãs.

    Mais:

    Para surpresa de todos, Putin assegura que simpatiza com falcão republicano McCain
    Síria, Donbass, relações com EUA e mais: Vladimir Putin falará em Linha Direta
    Tags:
    terrorismo islâmico, colaboração, cimeira, Daesh, OCX, Vladimir Putin, Síria, Cazaquistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar