12:20 16 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Ruptura de relações diplomáticas com Qatar (67)
    302
    Nos siga no

    Uma investigação preliminar confirmou que a declaração do Emir do Qatar publicada no site da agência estatal de notícias do país, que provocou um conflito diplomático com países árabes, foi feita por hackers, informou Reuters, citando autoridades de Doha.

    "Um grupo investigativo confirmou que a ação criminosa foi realizada com uso de altas tecnologias e de métodos inovadores, através de brechas no site da Agência de Notícias do Qatar", citou Reuters um dos trechos do comunicado do ministério das Relações Exteriores do Qatar. 

    O comunicado do ministério não explica, no entanto, quem poderia estar por trás do ciberataque. 

    O conflito entre Qatar e seus vizinhos de região aconteceu uma semana após a cúpula dos países do Golfo Pérsico e EUA em Riad. Na ocasião, a Agência de Notícias do Qatar publicou um discurso, em nome do Emir, apoiando uma aproximação com o Irã. Mais tarde, o porta-voz do ministério das Relações Exteriores do Qatar informou que o site da agência foi invadido por hackers e que o discurso era falso.

    Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Bahrein, no entanto, desconsideraram a declaração oficial de Doha e continuam a atribuir o pedido de aproximação com o Irã ao Emir do Qatar.

    Tema:
    Ruptura de relações diplomáticas com Qatar (67)

    Mais:

    Djibuti se junta a boicote ao Qatar
    Presidente da Câmara dos EUA defende pressão americana sobre o Qatar
    Parlamento turco aprova envio de tropas para o Qatar
    Mídia: sauditas podem ser presos por apoiarem Qatar nas redes
    Rússia apoia resolução diplomática para crise do Qatar
    Tags:
    ciberataque, hackers, crise diplomática, Golfo Pérsico, Qatar, Oriente Médio
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar