17:55 14 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    262
    Nos siga no

    Os ataques do Daesh na Europa e em outros lugares mostram que as políticas ocidentais no Oriente Médio saíram pela culatra, afirmou no domingo (4) o líder supremo do Irã, Ali Khamenei.

    "Hoje, o Daesh está sendo empurrado para fora de seu local de nascimento no Iraque e na Síria e está se mudando para outros países — Afeganistão, Paquistão e até Filipinas e países europeus", disse Khamenei em um discurso televisionado.

    "Este é um incêndio que (as potências ocidentais) começaram e que agora saiu pela culatra contra eles", afirmou em uma cerimônia para marcar o aniversário da morte do líder revolucionário Aiatolá Ruhollah Khomeini, em 1989.

    Iran's President Hassan Rouhani gestures as he registers to run for a second four-year term in the May election, in Tehran, Iran, April 14, 2017.
    © REUTERS / President.ir/Handout
    Khamenei também usou o discurso para marcar uma posição contrária à retórica reformista que o presidente Hassan Rouhani utilizou durante sua candidatura bem sucedida para reeleição no mês passado.

    "Não descarte o comportamento revolucionário como o extremismo. Ser revolucionário é a necessidade do país hoje."

    Mais:

    Empresas de petróleo e gás da Rússia em breve vão trabalhar no Irã
    Imagens do espaço: EUA mantêm Irã e Coreia do Norte sob observação
    Líder supremo do Irã chama o governo saudita de 'incompetente'
    Theresa May: Líderes do G7 querem que Irã e Rússia facilitem pacificação na Síria
    Especialista: planos de Washington de criar uma 'OTAN árabe' contra Irã não darão certo
    Tags:
    Hassan Rouhani, Aiatolá Ali Khamenei
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar