11:10 04 Março 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1991
    Nos siga no

    Um documento obtido por meio da legislação de transparência mostra que o Exército dos EUA não conseguiu manter registros precisos de mais de US$ 1 bilhão em transferências de armas e material bélico no Iraque e no Kuwait, uma ONG de direitos humanos informou nesta quarta-feira (24).

    "O Exército dos EUA não conseguiu acompanhar mais de US$ 1 bilhão em armas e outros equipamentos militares no Iraque e no Kuwait, de acordo com uma auditoria do Departamento de Defesa", afirmou em um comunicado a Anistia Internacional.

    O documento obtido é o relatório do Departamento de Defesa de 2016. De acordo com a ONG, "os controles e registros negligentes dentro da cadeia de comando iraquiana" permitiram que grupos armados conhecidos por crimes de guerra obtivessem armas e equipamentos militares.

    A organização apontou a necessidade de que todos os países que vendem armas ao Iraque devem buscar todas as medidas necessárias para que os equipamentos não caiam em mãos erradas.

    Mais:

    Exército sírio elimina elementos-chave do Daesh
    Exército de Israel informa que sul do país foi atingido por foguete
    Bombardeamento norte-americano atingiu posto militar do exército sírio
    Coalizão liderada pelos EUA atinge exército sírio
    Irmãs de armas: mulheres do exército norueguês gostam mais da vida militar que os homens
    Tags:
    Anistia Internacional, Exército dos EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar