00:14 24 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Um soldado russo no bairro de Hanono, controlado por forças governamentais de Assad, em Aleppo, na Síria (foto de arquivo)

    Militar russo morreu na Síria enquanto salvava seu companheiro dos terroristas

    © REUTERS/ Omar Sanadiki
    Oriente Médio e África
    URL curta
    15165128

    O militar russo, capitão Yevgeny Konstantinov, morreu na Síria enquanto salvava seu companheiro dos terroristas, disse à Sputnik um representante da seção regional da organização nacional russa de veteranos Boevoe Bratstvo (Irmandade de Combatentes) na Região Autônoma Judaica, no leste da Rússia.

    "Em 3 de maio de 2017, durante o combate, o capitão Yevgeny Konstantinov viu que seu companheiro de armas tinha sido ferido e não conseguiria se defender dos terroristas. Ele acorreu em seu socorro, mas os terroristas tinham vantagem numérica. Yevgeny morreu na sequência de seis ferimentos de bala. O segundo militar também morreu", disse o interlocutor da Sputnik.

    Segundo ele, Yevgeny Konstantinov foi enterrado com honras militares em 7 de maio em Novossibirsk, onde moram seus pais. Ele foi proposto para condecoração com a Ordem da Coragem postumamente. O militar morreu aos 32 anos.

    Trabalhando como conselheiro militar na Síria, ele ajudava o comando das tropas do exército sírio no treinamento e preparação dos militares.

    Facebook

    Procure a página Sputnik Brasil no Facebook e descubra as notícias mais importantes. Curta e compartilhe com seus amigos. Ajude-nos a contar sobre o que os outros se calam!

    Mais:

    Mais um militar russo é morto na Síria
    Militante turco que reivindicou morte de piloto russo é condenado a 5 anos de prisão
    Tags:
    combate ao terrorismo, morte, militares russos, Rússia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik