11:44 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Forças Democráticas da Síria em Raqqa

    Forças não governamentais aproveitarão armamento dos EUA para atacar 'capital de califado'

    © REUTERS / Rodi Said
    Oriente Médio e África
    URL curta
    204
    Nos siga no

    O presidente dos EUA assinou um decreto sobre o fornecimento de armas pesadas às Forças Democráticas da Síria (SDF), que incluem as Unidades de Proteção Popular (YPG).

    Neste contexto, uma fonte das SDF, que preferiu não revelar sua identidade, informou à Sputnik Turquia que ontem à tarde os destacamentos das Forças Democráticas Sírias receberam armamento e material militar blindado enviados pelos EUA:

    "Depois de Donald Trump ter tomado a decisão de nos fornecer armas, ontem à tarde recebemos armamento pesado e material militar blindado enviados pelos EUA. Recebemos um número significativo de carros Hummer. Além disso, nos foram entregues tanques, morteiros e mísseis de guiamento térmico. Aa armas e os blindados foram transportadas por terra a partir do Curdistão iraquiano…", declarou a fonte.

    Entretanto, a fonte destacou que "esse armamento e carros blindados Hummer serão usados ativamente na operação militar para libertar Raqqa, em particular, no decurso do assalto à cidade".

    No entanto, Ancara classifica as YPG e SDF como organizações terroristas ligadas ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK, proibido na Turquia). Nessa ligação, a Turquia tem retiradamente criticado os EUA por armarem os curdos sírios, apesar de Washington os considerar como aliados na luta contra o Daesh.

    Quanto à Síria, os possíveis fornecimentos de armas aos curdos provocam protestos das autoridades de Damasco, pois, segundo as autoridades, os norte-americanos não têm direito de realizar sua atividade sem aprovação do governo sírio. Consequentemente, a presença dos EUA no território do norte da Síria representa uma intervenção.

    Mais:

    Militar turco não aceitou medalha norte-americana por orgulho
    Lavrov: Rússia, Turquia e Irã discutirão o policiamento das zonas de segurança na Síria
    EUA invadiram Iraque para derrubar Saddam Hussein e não para trazer democracia
    Assad diz que não fará concessões relacionadas à independência da Síria
    Tags:
    armas, armamento, veículos blindados, carros, Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), Daesh, Unidades de Proteção Popular (YPG), SDF, Donald Trump, Raqqa, Curdistão iraquiano, Ancara, Turquia, EUA, Damasco, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar