12:19 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Soldados das Unidades de Proteção Popular (YPG)

    Gambito sírio: que armas EUA vão fornecer aos curdos?

    © REUTERS / Rodi Said
    Oriente Médio e África
    URL curta
    515
    Nos siga no

    O presidente dos EUA assinou um decreto sobre os fornecimentos de armas pesadas para as Forças Democráticas da Síria, que incluem as Unidades de Proteção Popular.

    "Essa decisão vai contribuir para a luta contra o Daesh e outros terroristas. Estamos combatendo contra o Daesh há vários anos, mas o problema da falta de armas pesadas sempre foi sério. Entretanto, o Daesh possui tais armas", acrescentou uma fonte anônima da YPG à Sputnik Turquia.

    Segundo a fonte, a decisão dos EUA vai contribuir para a luta contra o Daesh e vai permitir libertar a cidade de Raqqa dos terroristas.

    "Em breve, os EUA nos vão enviar morteiros, mísseis guiados por infravermelho, metralhadores pesadas, blindados e tanques. Precisamos muito destas armas", frisou a fonte anônima.

    Por seu lado, Ancara se manifesta contra a participação da milícia curda YPG, que ela classifica como organização terrorista, na libertação de Raqqa. O governo da Turquia condena o fornecimento de armas por parte dos EUA à YPG apesar das objeções da Turquia.

    Mais:

    Trump aprova plano dos EUA de armar curdos sírios contra Daesh
    Turquia adverte EUA contra participação de curdos em operação na Síria
    Tags:
    curdos sírios, milícia curda, objeção, combate, fornecimento, terroristas, armas, Daesh, YPG, Turquia, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar