15:26 18 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Míssil S-200

    Defesa antiaérea síria pode conter os Tomahawks norte-americanos?

    © AP Photo/ Amir Kholousi, ISNA
    Oriente Médio e África
    URL curta
    8161

    Numa entrevista à Sputnik, o presidente sírio Bashar Assad declarou que Damasco mantém interesse em comprar sistemas russos de defesa antiaérea.

    Hoje em dia o exército sírio possui sistemas soviéticos S-200, que não permitem garantir a defesa nas condições modernas de combate. 

    ​O presidente sírio, em uma entrevista à Sputnik em 21 de abril, declarou que Damasco tem planos de adquirir sistemas russos de defesa antiaérea, porque a maioria do material antiaéreo sírio foi destruída pelos terroristas. Ele acrescentou que agora Moscou e Damasco estão negociando o fornecimento de sistemas suplementares. 

    "Não podemos dar quaisquer números específicos porque, como sabe, é informação militar, mas posso dizer que é mais de 50%", comunicou Assad falando sobre o arsenal antiaéreo sírio restante. 

    O exército sírio possui sistemas de mísseis terra-ar S-200 fornecidos ainda em 1983 pela União Soviética. 

    "No início dos ataques eles começaram a destruir a defesa antiaérea síria, que não tinha nada a ver com o que eles chamaram na época de “manifestações pacíficas”. A maioria das instalações antiaéreas está localizada fora de cidades, nas zonas periféricas, é por isso que eles começaram a atacar estas infraestruturas, o que por sua vez teve um impacto acentuado durante a crise", explicou o presidente da Síria à Sputnik. 

    Em novembro de 2016 o Ministério russo da Defesa declarou que as forças russas tinham reparado alguns sistemas de defesa antiaérea da Síria para que ficassem operacionais. 

    ​Apesar de que este sistema de defesa antiaérea foi desenvolvido para proteger as infraestruturas militares e civis de qualquer tipo de ataque aéreo, ele não pode garantir a defesa completa durante um combate moderno. 

    Mais:

    Rússia e Síria negociam fornecimento de sistemas de defesa antiaérea à Síria
    Rússia está disposta a fornecer sistemas antiaéreos à Síria com prioridade
    Tags:
    capacidade militar, exército, modernização, mísseis, defesa aérea, sistema antiaéreo, S-200, Bashar Assad, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik