10:12 16 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Militantes de Daesh

    Daesh está eliminando seus membros estrangeiros por suspeita de espionagem

    © AP Photo/ Karim Kadim
    Oriente Médio e África
    URL curta
    8171712

    O grupo terrorista Daesh está executando os seus membros estrangeiros por suspeita de espionagem, informou a mídia síria e iraquiana, citando uma fonte nos serviços de inteligência.

    Com o recente cerco da Forças Democráticas da Síria (SDF) à capital do Daesh na Síria, Raqqa, os terroristas locais tem ficado preocupados com espionagem, segundo uma fonte do serviço de inteligência sírio.

    Neste domingo, as SDF, lideradas por curdos, afirmaram ter ganhado o controle de todas as estradas estratégicas que levam à Raqqa, cortando o abastecimento e isolando os membros do grupo terrorista.

    O número de membros estrangeiros que aderiram ao grupo ao longo dos anos de sua existência é estimado em cerca de 30 mil. O grupo também recrutou jihadistas de áreas sob seu controle no Iraque e na Síria, de acordo com a inteligência dos EUA.

    Em março, o Secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, afirmou que o recrutamento de estrangeiros pelo Daesh recuou 90% em 2016, comparando com o ano de 2015.

    Mais:

    EUA divulgam vídeo do Daesh utilizando escudos humanos no Iraque
    Mídia: Daesh está transferindo sua 'capital' de Raqqa para Deir ez-Zor
    Assad à Sputnik: EUA querem que Daesh capture cidade de Deir ez-Zor
    EUA estão 'confusos' quanto à real capacidade do Daesh e seu arsenal químico
    Tags:
    estrangeiros, terroristas, Daesh, Raqqa, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik