19:47 29 Maio 2017
Ouvir Rádio
    Soldados do exército sírio carregam um missil a ser disparado contra as posições do Daesh em Raqqa

    Síria está pronta para cooperar com qualquer governo para libertar Raqqa

    © AP Photo/ Alexander Kots/Komsomolskaya Pravda
    Oriente Médio e África
    URL curta
    177031

    Damasco está pronta para cooperar com qualquer país para libertar a cidade de Raqqa dos terroristas, destacou o presidente sírio em uma entrevista para a Sputnik.

    Bashar Assad sublinhou que Síria não impõe condições sobre que países podem participar e pode cooperar mesmo com países ocidentais, apesar de todos saberem que o Ocidente apoia terroristas e não quer lutar contra eles.

    "Mas nós dissemos que, esteja preparado quem estiver, nós estamos", sublinhou Assad.

    "No que diz respeito à cooperação russo-síria com os curdos, nós sempre nos comunicamos com as várias fações sírias que combatem o terrorismo. Temos contato direto com os curdos e claro que com os russos", explicou o presidente sírio.

    Desde novembro de 2016 as Forças Democráticas da Síria, que incluem destacamentos de autodefesa curdos e árabes, estão realizando a operação para libertar a cidade de Raqqa. A ofensiva contra a cidade está sendo realizada simultaneamente a partir das duas direções (de noroeste e nordeste). Em janeiro foi anunciada uma nova fase da ofensiva com objetivo de cercar a cidade e cortar as ligações rodoviárias de extremistas.

    Mais:

    Assad à Sputnik: novas provocações semelhantes à de Idlib são possíveis na Síria
    Assad: Ocidente distorce dados sobre vítimas na Síria para justificar intervenção
    Mais da metade dos russos são a favor da continuação da operação da Rússia na Síria
    Tags:
    cooperação, libertação, Bashar Assad, Raqqa, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik