15:05 15 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Forças Democráticas da Síria em Raqqa

    EUA atacam 'acidentalmente' posições de forças antiterroristas perto de Raqqa

    © REUTERS / Rodi Said
    Oriente Médio e África
    URL curta
    18015
    Nos siga no

    A coalizão internacional, liderada pelos EUA, atacou acidentalmente um grupo das Forças Democráticas da Síria (FDS) na região de Tabqa, matando 18 combatentes de tropas irregulares que estavam lutando contra o Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia).

    O incidente ocorreu em 11 de abril, segundo a declaração oficial do Comando Central dos EUA. "O ataque foi solicitado pelas forças aliadas, que identificaram o alvo como uma posição ocupada pelo Daesh", lê-se na declaração.

    "Mas, na verdade, o lugar-alvo era uma posição de combate das Forças Democráticas da Síria". A coalizão agora investiga o incidente, segundo relatos.

    A cidade de Tabqa – umas das últimas posições fortes do Daesh – fica a 40 km da cidade de Raqqa. A operação Ira do Eufrates, destinada a libertar Raqqa, iniciou-se em novembro de 2016 pelas Forças Democráticas da Síria (FDS), lideradas por curdos.

    Em abril, as Unidades de Proteção Popular (YPG) curdas tomaram o controle sob todas as rodovias que seguem em direção a Tabqa.

    Mais:

    Pentágono expande base aérea no Norte da Síria para uso em batalha por Raqqa
    Mídia conseguiu filmar militares dos EUA perto de Raqqa
    Turquia apresenta aos EUA plano de libertação de Raqqa, baluarte do Daesh
    Tags:
    ataque, vítimas, SDF, Unidades de Proteção Popular (YPG), Daesh, Tabqa, Eufrates, Raqqa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar