06:13 21 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Um combatente norte-americano, que está lutando ao lado das Forças Democráticas da Síria, segura bandeira do seu país

    Rex Tillerson revela prioridades de Washington na Síria

    © REUTERS / Rodi Said
    Oriente Médio e África
    URL curta
    25226

    Rex Tillerson, secretário de Estado dos EUA, declarou que o objetivo principal do seu país na Síria é a luta contra o Daesh (grupo terrorista, proibido na Rússia).

    "Acreditamos que a nossa primeira prioridade é a vitória sobre o Daesh", disse ele respondendo à questão do apresentador da CBS sobre uma possível intervenção dos EUA na Síria.

    "Quando a ameaça do Daesh diminuir ou for liquidada, acredito que poderemos prestar atenção à estabilização da situação na Síria", acrescentou Tillerson.

    Tillerson declarou, durante sua última visita a Ancara, que o futuro do presidente Assad deve ser determinado pelo povo sírio. Nikki Haley, representante permanente dos EUA na ONU, por sua vez, informou que a saída de Assad do poder já não é uma prioridade dos EUA em relação à Síria.

    Mais tarde, estas declarações foram confirmadas pela Casa Branca, que também sublinhou a importância de derrubar o Daesh e não Assad.

    Na noite de quinta para sexta-feira (7), Donald Trump ordenou a realização de um ataque com misses de cruzeiro Tomahawk contra a base aérea síria de Shayrat, perto da cidade de Homs. O bombardeio foi anunciado pelas autoridades norte-americanas como uma resposta ao alegado uso de armas químicas na província de Idlib, do qual Washington tinha acusado o governo sírio sem apresentar quaisquer provas.

    Mais:

    Trump pondera introduzir sanções contra Rússia por apoiar Síria
    O que Trump perdeu ao atacar base aérea síria?
    Lavrov e Tillerson discutiram o ataque dos EUA à base aérea na Síria
    Tags:
    terrorismo, derrubada, Daesh, Casa Branca, Bashar Assad, Rex Tillerson, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik