06:04 22 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Consequências do ataque aéreo americano contra base aérea síria na província de Homs

    Trump explica por que pista da base síria ficou intata

    © Sputnik / Mikhail Voskresensky
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Ataque norte-americano contra base aérea síria (82)
    113745

    O presidente norte-americano Donald Trump explicou no Twitter por que o exército norte-americano não bombardeou a pista da base aérea Shayrat na quinta-feira passada (6).

    "A razão pela qual geralmente não se bombardeiam pistas é que elas são fáceis e baratas de reparar rapidamente", escreveu o presidente, adicionando que para isso só é necessário as encher e cobrir rapidamente.

    Na quinta-feira, o secretário de Estado dos EUA Rex Tillerson assegurou que a pista não era um objetivo do ataque já que os militares norte-americanos "estimaram que não poderiam causar um dano sério" à instalação. "É muito grossa e, devido à forma em que está construída, pode ser reparada em algumas horas", disse Tillerson na coletiva de imprensa em Palm Beach, Flórida.

    Segundo o secretário de Estado, o ataque visava deixar inoperativa a base aérea, o objetivo do ataque foram edifícios, aviões, hangares e locais de armazenamento de combustível. "O fato de os aviões poderem pousar e decolar da pista não é tão significante como o fato de que não se podem reabastecer e não serão capazes de iniciar neste momento sua atividade", disse Tillerson.

    Entretanto, no sábado (8), o governador da província síria de Homs, Talal Barazi, confirmou que a base aérea tinha reiniciado as operações.

    Os Estados Unidos lançaram pelo menos 59 mísseis de cruzeiro na noite desta quinta-feira (6) contra um aeródromo sírio próximo à cidade de Homs. O ataque seria uma resposta de Trump às denúncias de uso de armas químicas proibidas pelo governo sírio, responsável pela morte de 100 pessoas na terça-feira.

    Tema:
    Ataque norte-americano contra base aérea síria (82)

    Mais:

    O que Trump perdeu ao atacar base aérea síria?
    Lavrov e Tillerson discutiram o ataque dos EUA à base aérea na Síria
    Trump felicita militares por 'representar bem dos EUA' em ataque contra a Síria
    Tags:
    base aérea, Talal Barazi, Rex Tillerson, Donald Trump, EUA, Homs, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik