11:20 17 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Base aérea de Shayrat vista em 7 de outubro de 2016 por um satélite dos EUA

    Ao atacar base aérea na Síria, Trump apoiou o Daesh, diz parlamentar russo

    © AP Photo / DigitalGlobe/Departamento da Defesa dos EUA via AP
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Ataque americano contra exército sírio (26)
    11111
    Nos siga no

    Os EUA lançaram na noite desta quinta-feira (7) cerca de 50 mísseis Tomahawk a partir de navios operando no mar Mediterrâneo. O ataque teve como alvo a base aérea de Shayrat (província de Homs) controlada pelo exército governamental sírio.

    "Ao atacar a base da Força Aérea síria, Trump de fato apoiou os [terroristas do Daesh] porque era desta base que se realizavam as missões contra os terroristas", escreveu o primeiro vice-presidente do Comitê Internacional do Conselho da Federação da Rússia (câmara alta do parlamento russo), Vladimir Dzhabarov, no seu Twitter.

    As autoridades dos EUA chamaram o ataque de "resposta proporcional" ao ataque com armas químicas contra civis em Idlib ocorrido em 4 de abril que, de acordo com os EUA, foi realizado pelo exército sírio. 

    © Ruptly .
    Ataque norte-americano contra base síria

    Mais cedo, o secretário de Estado americano, Rex Tillerson e a embaixadora do país nas Nações Unidas, Nikki Haley, acusaram o governo da Síria do ataque com armas químicas, cujas vítimas incluíram pelo menos 25 crianças.

    Tema:
    Ataque americano contra exército sírio (26)
    Tags:
    Daesh, Donald Trump, Síria, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar