11:39 16 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Exército sírio em Homs

    Governador de província síria diz que base atacada era usada na guerra contra o Daesh

    © Sputnik .
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Ataque norte-americano contra base aérea síria (82)
    27141
    Nos siga no

    O governador da província síria de Homs, Talal Barazi, disse que a base aérea disparada por mísseis americanos apoiava as operações do exército sírio contra o Daesh (autodenominado Estado Islâmico, proscrito na Rússia e em vários outros países).

    Segundo a Reuters, Barazi disse que este passo só ajudou os extremistas.

    "A liderança síria e a política síria não vai mudar. Este golpe não foi o primeiro e, penso eu, não será o último", disse ele em uma entrevista por telefone para a televisão nacional síria.

    Mais cedo, o presidente dos EUA Donald Trump fez uma declaração quanto aos ataques às tropas sírias. Segundo ele, um ataque com mísseis foi realizado na base aérea, de onde, de acordo com as autoridades americanas, o suposto ataque químico a Idlib foi organizado.

    Durante a reunião do Conselho de Segurança sobre a situação em Idlib do vice-adjunto da Síria à ONU, Monzer Monser negou informações sobre a disponibilidade de armas químicas de tropas do governo.

    Tema:
    Ataque norte-americano contra base aérea síria (82)

    Mais:

    Há vítimas mortais no ataque americano à base aérea Síria
    Tillerson: 'Ataque contra a base aérea na Síria foi proporcional'
    Divulgadas primeiras imagens do ataque dos EUA à base síria (FOTOS, VÍDEOS)
    Trump exorta 'nações civilizadas' a se unirem aos EUA para 'acabar com o abate' na Síria
    Tags:
    Reuters, ONU, Monzer Monser, Talal Barazi, Donald Trump, Homs, Estados Unidos, Idlib, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar