18:15 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    13513
    Nos siga no

    Ações da coalizão internacional na Síria, que efetua ataques contra o dique no rio Eufrates perto de Raqqa, ameaçam provocar um desastre ecológico, disse em uma entrevista na terça-feira (28) o chefe da Direção Principal de Operações do Estado-Maior russo, coronel-general Sergei Rudskoy.

    "Há a impressão de que a coalizão internacional estabeleceu como objetivo destruir completamente as infraestruturas criticamente importantes no território da Síria, dificultando a reconstrução pós-guerra do país. A máxima preocupação é suscitada pelos ataques de aeronaves da coalizão contra o dique no rio Eufrates a oeste de Raqqa. O último desses ataques teve lugar em 26 de março", disse Rudskoy.

    De acordo com ele, como resultado dos ataques foram danificadas duas comportas na parte sul do dique, concebidas para assegurar a descarga de água de emergência para evitar a sobrecarga do reservatório.

    "Essas ações poderão levar a uma catástrofe ambiental em larga escala, ao alagamento de vastas áreas e provocar numerosas vítimas entre a população civil", disse Rudskoy.

    Mais:

    Coalizão liderada pelos EUA bombardeia cidade síria perto da barragem do Eufrates
    Tags:
    desastre ambiental, desastres naturais, Sergei Rudskoy, Raqqa, Síria, rio Eufrates
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar