20:11 21 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Fumaça e fogo captados após a explosão de um carro-bomba na cidade de Mossul, Iraque, durante os combates entre forças iraquianas e terroristas do Daesh (grupo proibido na Rússia), 5 de março

    Rússia solicita consultas sobre situação em Mossul

    © AFP 2018 / Aris Messinis
    Oriente Médio e África
    URL curta
    2121

    Moscou solicitou consultas no Conselho de Segurança da ONU sobre os acontecimentos em Mossul.

    A Rússia pediu consultas ao Conselho de Segurança da ONU (CSNU) sobre a situação na cidade iraquiana de Mossul, afirmou na sexta-feira o representante permanente do CSNU para o Reino Unido, Matthew Rycroft.

    "A Rússia solicitou um AOB [na sigla em inglês, any other business, como são chamados os assuntos discutidos no CSNU após a agenda oficial] em Mossul e como é o seu direito, e estamos ansiosos para ter essa discussão", Rycroft declarou.

    A cidade de Mossul foi ocupada pelo Daesh (grupo terrorista autodenominado Estado Islâmico, proibido na Rússia e em vários outros países) desde 2014. A operação para retomá-la começou em 17 de outubro de 2016 e resultou na libertação da parte oriental de Mossul, em janeiro, mas a luta continua nas áreas ocidentais. A operação para liberá-lo começou em 19 de fevereiro.

    Mais:

    Rússia envia aparelhos de reconhecimento espacial para seguir situação em Mossul
    Iraque espera ajuda da Rússia para libertar Mossul do Daesh
    Moscou: coalizão liderada pelos EUA negligencia civis em Mossul
    Moscou explica as diferenças entre Mossul e Aleppo para os EUA
    Tags:
    AOB, Daesh, Conselho de Segurança da ONU, Estado Islâmico, Matthew Rycroft, Mossul, Iraque, Reino Unido, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik