00:39 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Situação em Damasco, Síria

    Militantes não conseguiram quebrar a defesa do centro histórico de Damasco

    © Sputnik/ Ilia Pitalev
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Caos em Damasco (15)
    4160

    Algumas horas após o início dos combates com o exército sírio, os extremistas da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia) e de grupos seus aliados não conseguiram avançar para a zona da praça dos Abássidas no leste de Damasco, informa o correspondente da Sputnik.

    Mais cedo, os combatentes conseguiram penetrar e se fixar no território da velha estação de ônibus do bairro de Jobar. Contudo, a área crucial de cerca de 400 metros entre a estação de ônibus e a praça ainda está sob controle dos militares. É neste lugar que decorrem os combates mais violentos, porque os extremistas tentam ocupar a praça para terem acesso aos bairros históricos da capital síria.

    Ao mesmo tempo, a aviação militar, que ao amanhecer renovou seus ataques aéreos contra as posições dos terroristas nos arredores da cidade, presta apoio às tropas governamentais. Além disso, uma bateria de artilharia está bombardeando as posições dos militantes a partir do monte Qasioun que domina a cidade.

    Entretanto, unidades de elite das Forças Armadas da Síria continuam apertando o cerco a um importante grupo de extremistas na zona industrial do norte de Jobar. A limpeza desse território poderá estar terminada em breve.

    Jobar representa uma posição estratégica, pois entre ele e a zona industrial de Kabun passa a estrada Damasco-Homs. Além disso, a localização do bairro permite aos militantes, por sua proximidade à Cidade Antiga, bombardear diariamente outros bairros que estão protegidos pelo exército sírio. Entre eles, o bairro de Al-Mazraa, onde está localizada a embaixada da Rússia na Síria.

    Além dos militantes, uma parte significante de população de Damasco está concentrada em Jobar: alguns residentes estão voluntariamente cooperando com os terroristas, mas outros são usados pelos extremistas na qualidade de escudos humanos.

    Tema:
    Caos em Damasco (15)

    Mais:

    Grupos armados atacam centro histórico de Damasco
    Força Aérea da Síria destrói rotas de abastecimento de militantes perto de Damasco
    Forças sírias e rebeldes travam confronto nos arredores de Damasco
    Forças de Damasco retomam montanhas estratégicas a leste de Palmira
    Deputado da Duma diz que Rússia precisa de Paris ao lado de Damasco
    Tags:
    população civil, praça pública, estação, aviação militar, militantes, exército, escudo humano, ataques aéreos, controle, terroristas, Frente al-Nusra, Jobar, Homs, Damasco, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik