07:56 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Cidade antiga de Palmira (Síria)

    Exército sírio elimina líder do Daesh responsável pela destruição de Palmira

    © Sputnik / Mikhail Voskresensky
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Palmira novamente reconquistada (23)
    4190
    Nos siga no

    Subdivisões do exército sírio liquidaram um dos comandantes do Daesh (grupo terrorista, proibido na Rússia).

    Foi ele quem, em 2015, ordenou destruir os patrimônios históricos de Palmira, informa agência Fars, citando suas próprias fontes.

    De acordo com dados da Fars, trata-se do terrorista conhecido como Abu Hamid da cidade síria de Al-Sukhnah, localizada entre Palmira e Deir ez-Zor. Como afirmam as fontes, ele dava as ordens para destruir monumentos da cultura antiga.

    Sapador do Centro Internacional Anti-Minas das Forças Armadas russas desativa minas em Aleppo.
    © Sputnik / Ministry of defence of the Russian Federation
    A cidade histórica de Palmira foi capturada pelos combatentes do Daesh em maio de 2015, tendo sido libertada pelos militares sírios e russos em março do ano passado. Em dezembro, os membros da organização extremista voltaram a entrar na cidade. Os terroristas destruíram grande número de locais históricos da cidade, que são reconhecidos como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

    Tema:
    Palmira novamente reconquistada (23)

    Mais:

    Forças de Damasco retomam montanhas estratégicas a leste de Palmira
    'Libertação de Palmira devolve a confiança ao exército sírio'
    Imortalidade de Palmira: ofensiva rápida e salvação da pérola do deserto
    Tags:
    patrimônio cultural, terrorismo islâmico, UNESCO, Daesh, Palmira, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar