12:33 25 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Dois aviões de guerra britânicos - Tornados - sobrevoam base aérea britânica de Akrotiri, localizada perto da cidade costal de Limassol, Chipre, ao voltar de um ataque aéreo contra alvos do Daesh na Síria

    Coalizão liderada pelos EUA destrói instalação de drones do Daesh perto de Raqqa

    © AP Photo / Pavlos Vrionides
    Oriente Médio e África
    URL curta
    120

    As forças aéreas da coalizão liderada pelos EUA lançaram 24 ataques na Síria e no Iraque contra os alvos do Daesh, de acordo com a Operação Resolução Inerente.

    A coalizão liderada pelos Estados Unidos realizou no Iraque e na Síria 24 ataques que consistiram em 67 batalhas contra o Daesh, grupo terrorista proibido na Rússia, na quarta-feira (15); 13 dos ataques foram responsáveis pela destruição de uma instalação de veículos aéreos não tripulados (VANT) perto da cidade de Raqqa, informou a Operação Resolução Inerente em comunicado à imprensa.

    "Perto de Raqqa, 13 ataques atingiram quatro unidades táticas do Daesh e destruíram quatro posições de combate, uma bomba caseira, um estoque de armas, uma instalação de armazenamento, uma instalação de carro-bomba, uma instalação de VANT, uma instalação de logística e um estoque de munição", de acordo com o comunicado publicado na quinta-feira (16).

    Quatro ataques adicionais na Síria destruíram dois mananciais, dois caminhões-tanque, um trator e uma escavadeira e danificaram uma ponte perto de Deir ez-Zor.

    No Iraque, a coalizão realizou sete ataques que consistiram em 47 batalhas. Um ataque perto de Bayji e Kirkuk atingiu duas unidades táticas do Daesh e destruiu um estoque de suprimentos.

    Perto de Mossul, onde as forças da coalizão estão apoiando uma ofensiva liderada pelo Iraque para expulsar o Daesh da parte ocidental da cidade, a coalizão realizou cinco ataques, destruindo 11 posições de combate, quatro sistemas de morteiro, uma metralhadora, um sistema de artilharia, um sistema de granadas e dois veículos.

    Vale ressaltar que os ataques de Mossul atingiram três unidades estratégicas do Daesh, danificaram 17 rotas de suprimento e três prédios, bem como eliminaram seis sistemas de morteiro e três unidades táticas.

    A coalizão de 68 países liderada pelos Estados Unidos está realizando ataques aéreos, tiroteios terrestres e de projéteis contra o Daesh na Síria e no Iraque. Os ataques no Iraque são realizados com apoio do governo iraquiano, mas as missões na Síria não são autorizadas pelo governo do presidente Bashar Assad ou pelo Conselho de Segurança da ONU.

    Mais:

    Milícias curdas e árabes tomam controle dos arredores de Raqqa
    Tags:
    greve, VANT, drone, coalizão, Daesh, Mossul, Síria, Raqqa, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar