04:48 25 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    170
    Nos siga no

    Os prejuízos causados pela guerra contra o grupo terrorista Daesh à infraestrutura do Iraque são estimados em 35 bilhões de dólares, comunicou na quarta (08) o primeiro-ministro do Iraque Al-Abadi.

    O primeiro-ministro acrescentou também que os números por ele anunciados excluem os danos causados pelos terroristas na sociedade iraquiana e nas relações entre os grupos étnicos e confessionais no país.

    "O país não vai hesitar em realizar ataques contra posições dos terroristas nos países vizinhos se existir uma ameaça para a segurança do Iraque", disse o primeiro-ministro durante uma coletiva de imprensa na província curda de Suleimânia, no norte do país.

    O grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico) é hoje uma das principais ameaças para a segurança global. Em três anos, os terroristas conseguiram capturar grandes áreas do Iraque e da Síria, e estão tentando espalhar sua influência no Norte de África, em particular na Líbia. De acordo com várias estimativas, o território controlado pelo Daesh atinge 90 mil quilômetros quadrados.

    A coalizão de 65 países liderada pelos EUA vem realizando ataques contra o Daesh na Síria e no Iraque desde agosto de 2014, mas sem aprovação do governo da Síria ou do Conselho de Segurança da ONU.

    No início de janeiro de 2016, o representante oficial da coalizão internacional liderada pelos EUA, Stephen Warren, afirmou que o grupo terrorista perdeu 40% de seu território no Iraque e 20% dos territórios que estavam sob seu controle na Síria durante o ano de 2015.

    Mais:

    EUA e Iraque juntos contra Daesh e 'ameaça iraniana'
    Tropas do Iraque libertam completamente aeroporto de Mossul do Daesh
    Tags:
    sociedade, tensão, relações, ataques, segurança, danos, luta, terrorismo, Daesh, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar