17:36 05 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    130
    Nos siga no

    Um jhadista com cinturão de explosivos se fez detonar junto ao Estado-Maior da organização terrorista Frente al-Nusra, informa o canal líbio Al Mayadeen.

    De acordo com os dados do Al Mayadeen, o incidente ocorreu na cidade síria de Azaz, na província de Aleppo, perto da fronteira turca. Se destaca que há vítimas mortais e feridos, mas o seu número não foi precisado.

    Supostamente a explosão teria sido produzida por um extremista do Daesh (grupo terrorista, proibido na Rússia).

    Atualmente a cidade de Azaz está sendo controlada por vários agrupamentos radicais. Segundo militares sírios, os extremistas de Azaz recebem alimentação e munições vindas da Turquia. Esta parte da fronteira também é utilizada pelos mercenários estrangeiros que chegam à Síria vindos do território turco.

    O Daesh e a Frente al-Nusra são os grupos terroristas mais ativos que combatem o governo sírio. Eles não fazem parte do acordo do cessar-fogo na Síria que entrou em vigor em todo o território.

    Mais:

    Chancelaria russa: governo Obama protegeu militantes da Frente al-Nusra 'até o final'
    Reino Unido reconhece necessidade de coordenar luta contra o Daesh com a Rússia
    Aviação russa assume liderança ao destruir Daesh na Síria
    Tags:
    homem-bomba, atentado terrorista, Frente al-Nusra, Daesh, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar