07:03 13 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Combatentes das Forças Democráticas da Síria passam edifícios destruídas na cidade de Manbij, 7 de agosto de 2016

    Com comboio humanitário russo, Síria tenta ressuscitar Manbij

    © AFP 2017/ DELIL SOULEIMAN
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1212

    A partir de hoje (3), as unidades das Forças Armadas sírias são introduzidas no território ocupado pelas unidades de autodefesa curdas, disse nesta sexta-feira o Estado-Maior Geral russo.

    "Hoje em Manbij o Centro russo para a reconciliação na Síria enviou o primeiro comboio humanitário com alimentos, medicamentos e necessidades básicas para os moradores da cidade", comunicou o chefe operacional do Estado-Maior Geral das Forças Armadas da Federação Russa, Sergei Rudskoy, em um briefing na sexta-feira (3).

    "Além disso, em conformidade com os acordos alcançados com a participação do comando das tropas russas na Síria, a partir de 3 de março, no território ocupado pelas unidades de autodefesa curdas, são introduzidas unidades das forças armadas da República Árabe Síria",  acrescentou.

    As unidades do exército sírio alcançaram áreas a sudoeste da cidade de Manbij, que são controladas por unidades de autodefesa curdas.

    Governo sírio está tomando medidas para que seja reiniciado o trabalho das autoridades públicas em Manbij e nos seus arredores, concluiu Rudskoy.

    Mais:

    Quais são os riscos do enfrentamento entre Turquia e os curdos?
    Guerra interna: EUA criam base em Manbij para proteger a cidade dos ataques turcos
    Tags:
    curdos sírios, combatentes curdos, autodefesa, território sírio, Estado-Maior, Sergei Rudskoy, Manbij, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik