02:52 26 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0155
    Nos siga no

    Numa mensagem enviada a Donald Trump, o ex-presidente do Irã Mahmoud Ahmadinejad evocou a política de imigração dos EUA, expôs a sua visão sobre a situação no Oriente Médio e lembrou que os EUA "pertencem a todas as nações".

    Segundo comunicou o canal de televisão norte-americano ABC News, Mahmoud Ahmadenijad entregou sua carta a Donald Trump através da embaixada da Suíça em Teerã, que representa interesses de Washington no país. Na mensagem ele denunciou a influência dominante dos EUA no seio da ONU e a sua ingerência em assuntos dos países estrangeiros. O ex-presidente do Irã estima que tais ações tenham provocado "instabilidade, guerra, discórdias, mortes e deslocação de populações".

    No seu comentário sobre a política de Trump em relação a migrantes, o ex-presidente iraniano lembrou que os EUA de hoje "pertencem a todas as nações" e que a política dos EUA deve "respeitar a diversidade de etnias e raças".

    ​Mahmoud Ahmadinejad ocupou o posto de presidente do Irã no período de 2005 a 2013. Durante sua presidência ele manteve um discurso em política exterior conservativo e antiamericano, estreitando laços com a Rússia e países árabes. Ele é conhecido por suas declarações anti-israelitas como "Israel deve ser riscado do mapa" e suas propostas de conceder o território de Israel à Palestina.

    Mais:

    Casa Branca: Trump está pronto para agir contra o Irã
    WSJ: Administração de Trump tenta 'semear a discórdia' entre Rússia e Irã
    Tags:
    EUA, Irã, Ahmadenijad, Donald Trump, carta, crítica, política, mensagem, opinião, ações, diversidade étnica, migrantes, discurso, proposta
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar