20:47 12 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Ofensiva de Mossul (96)
    241
    Nos siga no

    As forças iraquianas avançaram neste sábado (25) no oeste de Mossul, em meio à forte resistência dos combatentes entrincheirados do grupo extremista Daeh (autodenominado Estado Islâmico), de acordo com um comandante de campo iraquiano.

    Centenas de civis saíam a pé da cidade logo após os avanços militares, mas a grande maioria das 750.000 pessoas que estima-se haver no oeste da cidade permanecem presas na região.

    As tropas "estão se movendo muito lentamente" e os militantes radicais têm usado carros-bomba, franco-atiradores e dezenas de drones armados, disse o tenente-general das forças especiais iraquianas, Abdul-Wahab al-Saadi.

    Os drones, segundo ele, causaram relativamente poucas mortes, mas dezenas de pequenos ferimentos, que alteraram o ritmo das operações por terra.

    Al-Saadi disse esperar que a ofensiva militar se acelere depois que as forças iraquianas retomarem territórios e infraestruturas no extremo sudoeste de Mossul, o que lhes permitirá encurtar as linhas de fornecimento e se conectar com as forças no leste da cidade.

    Em janeiro, as forças iraquianas anunciaram a completa libertação do leste de Mossul, após uma ofensiva contra o Daesh, pelo controle da cidade, que tivera início em outubro.

    Tema:
    Ofensiva de Mossul (96)

    Mais:

    Tropas do Iraque libertam completamente aeroporto de Mossul do Daesh
    Vitória à vista: Forças de segurança iraquianas atacam aeroporto de Mossul
    EUA dão sinais que suas forças permanecerão no Iraque após libertação de Mossul
    Ofensiva do Iraque para retomar Mossul é 'improvável que apresente avanços relâmpago'
    Tags:
    batalha, exército, Estado Islâmico, Daesh, Iraque, Mossul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar