18:39 19 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Fumaça na cidade de Mossul, Iraque (foto de arquivo)

    Chefe da defesa antiaérea do Daesh morre em ataque aéreo em Mossul

    © REUTERS / Air Jalal
    Oriente Médio e África
    URL curta
    782

    Um ataque aéreo da coalizão liderada pelos EUA contra o Daesh (autodenominado Estado Islâmico) em Mossul, no Iraque, matou Abdula Sulyiamani al-Jaburi, responsável pela defesa antiaérea do grupo terrorista, segundo disse nesta quarta-feira (22) o porta-voz da Operação Resolução Inerente, coronel John Dorrian.

    "A morte dele vai degradar a capacidade do Daesh de defender o controle extremista de Mossul dos ataques aéreos persistentes da coalizão contra seus líderes", disse Dorrian.

    O ataque de precisão da coalizão que matou al-Jaburi foi conduzido em 4 de janeiro, segundo o porta-voz.

    Outro ataque, realizado em 12 de janeiro, eliminou o líder Daesh Abu Abas al-Kiriashi, que coordenava o movimento de dispositivos explosivos improvisados e homens-bomba no Iraque. Quase uma dúzia de seus associados também foram mortos, observou Dorrian.

    Outro líder do Daesh, Haqi Ismail Ahmed al-Emri, foi morto em um ataque em Mossul em 13 de fevereiro.

    "Ele [al-Emri] é um membro legado da Al-Qaeda no Iraque e teve um papel de liderança nas redes de segurança do ISIS [Daesh] em Mossul, afrouxando ainda mais o controle do ISIS sobre a população da cidade", disse Dorrian.

    Mais:

    Líder do Daesh teria sido ferido em ataque aéreo no Iraque
    EUA estabelecem recompensa de 25 milhões de dólares por líder do Daesh
    EUA dão sinais que suas forças permanecerão no Iraque após libertação de Mossul
    Ofensiva do Iraque para retomar Mossul é 'improvável que apresente avanços relâmpago'
    Tags:
    ataque aéreo, coalizão, defesa antiaérea, ISIS, Estado Islâmico, Daesh, Abdula Sulyiamani al-Jaburi, Haqi Ismail Ahmed al-Emri, Abu Abas al-Kiriashi, Iraque, Mossul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar