11:19 17 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Bandeira israelense perto de assentamentos judaicos na Cisjordânia

    Oposição: 'Netanyahu recuou na questão dos assentamentos por medo de perder o poder'

    © AP Photo / Bernat Armangue
    Oriente Médio e África
    URL curta
    762
    Nos siga no

    O líder da coligação de centro-esquerda União Sionista, Isaac Herzog criticou hoje o posicionamento do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, quanto aos assentamentos na Cisjordânia. Segundo ele, trata-se de uma manobra para Netanyahu se manter no poder.

    Herzog disse que Netanyahu estava pronto para congelar a construção em assentamentos e negociar com nações árabes da região, mas acabou recuando por medo de perder o controle do país.

    "A história julgará Netanyahu por aquele fracasso", afirmou Herzog em referência ao encontro organizado no ano passado pelo ex-secretário de Estado dos EUA, John Kerry com o rei da Jordânia, Abdullah II, e o presidente do Egito, Abdel Fattah el-Sissi.

    Na ocasião, os líderes árabes consideraram uma redução nas hostilidades caso Israel se comprometesse a se retirar significativamente de terras ocupadas. À época, o primeiro-ministro recusou a oferta dizendo que não conseguiria apoio da coalizão que o levou ao poder.

    Mais:

    Israel aprova construção de 3.000 novos assentamentos na Cisjordânia ocupada
    Trump manda recado 'sutil' a Israel contra construção de novos assentamentos na Palestina
    Erdogan: Aceleração da construção de assentamentos é 'provocação absoluta' de Israel
    Tags:
    União Sionista, Isaac Herzog, John Kerry, Abdullah II, Abdel Fattah el-Sissi, Egito, Jordânia, Estados Unidos, Israel, Cisjordânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar