06:11 22 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Militantes do grupo terrorista Daesh

    Deputado sírio: 'Daesh e Frente al-Nusra não conseguiriam nada sem apoio estrangeiro'

    © AP Photo/ Karim Kadim
    Oriente Médio e África
    URL curta
    545981

    Os grupos terroristas Daesh (o chamado Estado Islâmico) e Frente al-Nusra, ambos proibidos na Rússia, não obteriam resultados sem o apoio financeiro de patrocinadores estrangeiros, disse um representante da União Socialista Árabe Síria Khaled Al Aboud.

    "Por exemplo, a organização terrorista Daesh, desde a sua fundação, realizou a vontade de estados estrangeiros, incluindo os países do Golfo Pérsico", disse à agência de notícias russa Rossiya Segodnya por meio de uma videoconferência.

    O político sublinhou que os terroristas de Daesh "não obteriam nada se não recebessem a ajuda de estrangeiros". Al Aboud disse que ambas as organizações de Daesh e al-Nusra (atual Jabhat Fatah al-Sham) são "usadas por forças estrangeiras em seus próprios interesses".

    O deputado acrescentou ainda que os rebeldes sírios não representam a oposição, mas são o instrumento de uma "agressão".

    Mais:

    Prova documentada: Daesh pode comprar tanques a fornecedores no mercado negro
    Como iniciativa de Trump sobre imigração 'impacta a agenda do Daesh'?
    Quando a ideia de ser mártir pelo Daesh já não parece boa
    Tags:
    União Socialista Árabe Síria, Estado Islâmico, Daesh, Rossiya Segodnya, Frente al-Nusra, Jabhat Fatah al-Sham, Khaled Al Aboud, Síria, Golfo Pérsico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik