11:17 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    8252
    Nos siga no

    Sergei Rudskoy, chefe do comando operacional do Estado-Maior Geral das Forças Armadas da Rússia, informou que a aviação russa destruiu quase 900 pontos do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia) na cidade síria de Al-Bab.

    Ele também adicionou que, em 36 voos, os Tu-22M3 russos destruíram mais de 34 pontos dos terroristas na cidade síria de Deir ez-Zor.

    "A capacidade de combate do Daesh foi minada e jihadistas foram desmoralizados com ajuda da Força Aeroespacial russa na área de Deir ez-Zor. Aviões Tu-22M3 realizaram 36 voos de combate no decurso do quais foram destruídos 34 pontos dos terroristas. Com apoio da aviação russa, a guarnição das tropas governamentais melhorou significativamente a sua posição", afirmou Rudskoy.

    Ele acrescentou que o exército sírio continua combatendo em busca de recuperar as posições perdidas.

    O avanço continua na cidade de Palmira, onde as forças governamentais continuam combatendo o Daesh, conseguindo libertar 783 km² em direção à cidade.

    Juntamente com a Força Aeroespacial russa, o exército sírio, desde o dia 1º de janeiro de 2017, realizou ataques contra 4.608 pontos dos terroristas, comunicou Rudskoy durante seu briefing semanal.

    Mais:

    Bombardeiros russos Tu-22M3 destroem alvos do Daesh em Deir ez-Zor na Síria
    Fonte revela quando Admiral Kuznetsov retorna da Síria para base naval russa
    Força Aeroespacial russa realizou mais de 19 mil missões e 71 mil ataques aéreos na Síria
    Tags:
    combate ao terrorismo, ataques aéreos, Daesh, Força Aeroespacial da Rússia, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar