08:07 11 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    3112
    Nos siga no

    Na terça-feira (07), o Ministério da Defesa russo negou as informações da mídia britânica sobre um alegado ataque aéreo da Força Aeroespacial russa contra a cidade de Idlib, na Síria.

    "Nem ontem, nem nesta semana, nem mesmo a partir do início de 2017, os aviões da Força Aeroespacial russa realizaram qualquer ataque aéreo contra a cidade de Idlib. Todas as informações sobre tais ataques são uma mentira evidente", informou o major-general Igor Konashenkov, porta-voz do Ministério da Defesa russo.

    Segundo ele, "ao contrário de outros grandes países que só recentemente têm enfrentado a 'fabricação' de 'notícias falsas', esse tipo de cobertura das ações da nossa aviação por várias fontes da mídia britânica já não é segredo há muito tempo".

    "Chama a atenção que a fabricação de tais jogadas informacionais é, regra geral, um trabalho sempre das mesmas fontes da mídia, pelo mesmo padrão, regularmente e sempre com referência a ativistas anônimos de 'proteção civil'", frisou Konashenkov.

    Anteriormente, a agência Reuters informou que os 8 ataques dos aviões da Força Aeroespacial russa contra Idlib resultaram em pelo menos 15 mortos. Segundo a notícia publicada, vários prédios de muitos andares teriam sido destruídos na sequência dos ataques.

    Mais:

    Bombardeiros russos de longo alcance atacam alvos terroristas em Deir ez-Zor, na Síria
    Apoio aéreo: Aviação síria fez chegar munições à base de Deir ez-Zor, cercada pelo Daesh
    Tags:
    aviação, mídia, ataques aéreos, Reuters, Ministério da Defesa (Rússia), Força Aeroespacial da Rússia, Igor Konashenkov, Idlib, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar