01:06 17 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Seis bombardeiros Tu-22M3 atacaram pontos do Daesh em Deir ez-Zor

    Bombardeiros russos atacam alvos do Daesh em Deir ez-Zor pela quarta vez

    © Sputnik . Assessoria de imprensa do Ministério da Defesa russo
    Oriente Médio e África
    URL curta
    5190

    O Ministério da Defesa russo informou que seis bombardeiros russos de longo alcance Tu-22M3 continuaram realizando ataques aéreos contra alvos do Daesh na cidade síria de Deir ez-Zor na quarta-feira (25).

    Os ataques aéreos foram efetuados contra depósitos de armas e munições do grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia) em Deir ez-Zor.

    "Meios de controle objetivo confirmaram a destruição bem-sucedida de todos os alvos definidos", diz o comunicado do ministério.

    Segundo a entidade, os aviões decolaram de um aeródromo na Rússia e sobrevoaram o território do Iraque e do Irã. Após completarem sua missão na Síria com sucesso, os bombardeiros retornaram à Rússia.

    "Caças Su-30SM e Su-35S realizaram a escolta aérea dos bombardeiros russos partindo da base aérea de Hmeymim", informou o Ministério da Defesa russo.

    Em 21 de janeiro, bombardeiros estratégicos russos começaram alvejando as posições do Daesh em Deir ez-Zor. É já a quarta vez que bombardeiros russos de longo alcance realizam operações nesta área da Síria.

    Na semana passada, os terroristas do Daesh cercaram o aeródromo militar de Deir ez-Zor no nordeste sírio. A base aérea de Deir ez-Zor continua sendo a última linha de defesa do exército sírio no acesso à cidade.

    A cidade de Deir ez-Zor, que ainda é mantida por forças do governo sírio, está cercada pelo Daesh desde julho de 2014. Os residentes da cidade e os militares recebem comida somente via aviões que fornecem ajuda humanitária.

    Mais:

    Terroristas do Daesh cercam base aérea de Deir ez-Zor na Síria
    Tropas sírias repelem grande ataque do Daesh em Deir ez-Zor
    Exército sírio elimina destacamento do Daesh perto do aeródromo de Deir ez-Zor
    Tags:
    armas, depósito, caças, bombardeiros, ataques aéreos, Daesh, Ministério da Defesa (Rússia), Deir ez-Zor, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik