11:14 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Militares russos em Aleppo recém-libertada

    Síria inicia reconstrução da cidade de Aleppo

    © Foto: Ministério da Defesa da Rússia
    Oriente Médio e África
    URL curta
    11290

    A cidade síria de Aleppo está reestabelecendo suas infraestruturas depois da sua libertação dos terroristas. Já foram concluídos 14 contratos no valor de 1,1 bilhões de libras sírias (cerca de 5,1 milhões de dólares).

    O governador da província de Aleppo, Husein Diab, disse à Sputnik Árabe que agora a maior parte dos trabalhos de reconstrução da cidade é da responsabilidade das autoridades locais.

    "Foram assinados novos contratos para desmontar e retirar os escombros e reestabelecer serviços públicos urbanos e infraestruturas nos bairros orientais de Aleppo que foram destruídos. Esta é a primeira parte dos contratos para reconstruir a cidade. Depois, no futuro, isso será de responsabilidade do Estado", disse.

    Segundo o governador, o objetivo principal da reconstrução mais rápida das infraestruturas é o regresso dos refugiados aos seus bairros e a reconstrução da indústria da cidade.

    "É preciso libertar completamente de escombros as estradas principais que ligam os bairros da cidade. Depois disso, será possível começar a reconstrução dos bairros industriais e de artesãos, instituições e edifícios públicos, os bairros mais povoados e os que foram destruídos menos que os outros e pagar compensações à população civil. É preciso ordenar os bairros que foram construídos de forma desordenada. Agora o seu número atingiu os 23. Além disso, o chefe do Gabinete de Ministros ordenou a intensificação da construção nos bairros de Al Haidariya e Tel Zarazir", disse Husein Diab.

    O primeiro-ministro da Síria Imad Hamis visitou Aleppo em conjunto com uma delegação de ministros. Ele disse que o orçamento de Estado está aberto à reconstrução de Aleppo. O premiê destacou que é preciso elaborar um plano estratégico e segui-lo de forma escrupulosa.  Também disse que é importante restaurar a produção para que a economia recupere graças à indústria, comércio e agricultura.

    A cidade sofreu muito durante os 22 meses que esteve sob controle dos terroristas. Segundo avaliações preliminares, o valor dos danos é de cerca de 3,7 bilhões de dólares. Os prejuízos da destruição no setor privado equivalem a 10,7 milhões de dólares.

    Mais:

    Mídia: explosão na província de Aleppo na Síria deixa pelo menos 25 mortos
    Médicos russos tratam civis em Aleppo (VÍDEO)
    Militantes da al-Nusra voltam a atacar Aleppo
    Fábricas de armas químicas foram encontradas em Aleppo
    De Berlim até Aleppo: Marcha Civil une pessoas em ato de solidariedade ao povo sírio
    Sapadores russos descobrem paiol com munições americanas e europeias em Aleppo
    Tags:
    economia, reconstrução, destruição, bairros residenciais, Aleppo, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik