06:09 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Notas de 50 mil e 100 mil riais iranianos

    Será que Irã vai equiparar sua moeda nacional ao dólar?

    © AFP 2018 / BEHROUZ MEHRI
    Oriente Médio e África
    URL curta
    950

    Hoje só é possível comprar três dólares americanos com 100 mil riais iranianos. É o recorde mais baixo da taxa da moeda nacional iraniana. Entretanto, o Irã planeja realizar a denominação do real para evitar o processo dispendioso de emissão adicional de dinheiro. O economista iraniano Hoshyar Rostami comenta isso em entrevista à Sputnik Persa.

    As notícias de que o Irã vai equiparar sua moeda ao dólar se tornaram muito populares. No entanto, muitas pessoas não sabem os detalhes do que vai acontecer com o sistema monetário do Irã.

    Hoshyar Rostami, analista e especialista em assuntos econômicos, informou à Sputnik Persa que a mudança de moeda, de acordo com a decisão do governo, não é parecida com as decisões que foram tomadas em muitos outros países do mundo. Tendo um nível elevado de inflação, os países tentam reduzi-la. Situações semelhantes podem ser observadas em países com inflação alta como a Turquia, Argentina e Europa Oriental. Neste caso, o meio mais fácil — emissão adicional de dinheiro — se tornou obsoleto. Uma das estratégias que permitem evitar a emissão adicional de dinheiro é a denominação da moeda nacional.

    Temos de referir que agora por cada 10 dólares no Irã se recebem centenas de milhares de riais. Em grandes empresas, tais como grandes bancos ou companhias de seguro, que são constantemente confrontadas com um grande volume de transações contábeis, o número de símbolos aumenta e complica o trabalho e muitas vezes leva a erros.

    Rostami disse que, se for proclamada uma linha para manter a estabilidade da inflação e a denominação for realizada, não há necessidade de proceder a uma emissão adicional de dinheiro. De acordo com ele, o que está planejado ser realizado no Irã é apenas uma denominação, mantendo inalterável a taxa cambial do rial em relação ao dólar. O próprio dinheiro não vai mudar sua aparência, o que provavelmente irá ter um impacto positivo sobre o processo de contabilidade. Como exemplo, podemos olhar o orçamento do presidente do país, que é nominalmente de 320 trilhões de toman, embora que em riais, este número seja 10 vezes maior.

    Segundo disse o especialista, o processo de alteração do valor nominal da moeda é muito caro e ainda não há um consenso quanto à forma da sua realização. Há quem pense que seja melhor remover um zero da cédula, mas há quem diga que é melhor remover quatro zeros. O custo aproximado desse processo é de 2,5 trilhões de dólares, por isso, para tomar a decisão final sobre a alteração do número de zeros é importante considerar todos os fatores.

    Rostami observou que, de acordo com a legislação do Irã, a questão da denominação deve ser considerada pelo Parlamento. Além disso, é importante que a discussão dessa lei envolva tanto o Banco Central como o Ministério da Economia iraniano.

    A denominação é um passo necessário para o Irã, porque o país precisa de estimular o crescimento econômico, manter uma inflação baixa e estável, bem como uma taxa de câmbio mais previsível, sublinhou o especialista.

    Mais:

    Analistas: cisão da Síria supostamente apoiada pela Rússia, Irã e Turquia é impossível
    Mídia: Rússia, Turquia e Irã planejam dividir Síria em zonas de influência
    Irã avisa aviões norte-americanos para não se aproximarem do sul do país
    Irã: Coalizão liderada pelos EUA não quer realmente combater o terrorismo
    Tags:
    Dólar, inflação, dinheiro, moeda nacional, Parlamento do Irã, EUA, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik