09:12 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Soldado sírio em Aleppo libertada

    Turquia e Rússia elaboram plano de cessar-fogo que pode pôr fim às hostilidades na Síria

    © Sputnik/ Mikhail Alaeddin
    Oriente Médio e África
    URL curta
    8141595

    A Rússia e a Turquia estabeleceram um acordo-quadro sobre a Síria que deverá pôr fim às hostilidades no país a partir da meia noite (da hora local), de 29 de dezembro. Além disso, os dois países acordaram que o acordo deve ser apresentado à consideração de Damasco, segundo comunicou uma agência de notícias turca.

    A Rússia e a Turquia lançaram os alicerces do plano para o regime de cessar-fogo em todo o território sírio, visando apresentá-lo à consideração de Damasco, comunicou a agência turca Anadolu, nesta quarta-feira (28).

    Em 20 de dezembro, os chanceleres russo, iraniano e turco se reuniram em Moscou. Eles ressaltaram a importância de expandir o regime de cessar-fogo em toda a Síria e anunciaram a sua vontade de mediar um futuro acordo entre Damasco e a oposição.

    Três dias antes do encontro, o presidente russo, Vladimir Putin, e seu homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan, tinham discutido a possibilidade de conduzir as negociações entre o governo sírio e a oposição na capital do Cazaquistão, Astana.

    A proposta conjunta de Moscou e Ancara deve entrar em vigor na meia-noite (da hora local), de 29 de dezembro, informa a mídia turca citando fontes anônimas.
    O acordo de trégua será sujeito à aprovação do governo sírio e não se aplica às organizações terroristas que estão atuando no país.

    Caso o acordo seja observado, diz a Anadolu, o governo sírio e os grupos de oposição vão organizar negociações de paz na capital cazaque, em Astana, devendo estas ser mediadas pela Rússia e Turquia. A proposta bilateral visa fazer avançar o processo político cuja base foi lançada pela resolução da ONU sobre a Síria.

    Mais:

    Opinião: importância da aliança Rússia-Irã na Síria cresce diariamente
    Assad: 'libertação de Aleppo é uma vitória da Rússia e do Irã'
    Interesses comuns da Rússia, Irã e Turquia enfraquecerão atividades sauditas
    Tags:
    mediação, reconciliação, acordo, cessar-fogo, trégua, negociações, Recep Tayyip Erdogan, Sergei Lavrov, Vladimir Putin, Turquia, Irã, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik