10:13 19 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Londres, 25 de junho 2016

    Ex-embaixador britânico: 3 grandes mentiras de Londres sobre guerra na Síria

    © AFP 2017/ JUSTIN TALLIS
    Oriente Médio e África
    URL curta
    172757362

    As autoridades britânicas mentiram sobre a guerra civil na Síria e a política de Londres "tem agravado a situação", disse ao jornal britânico Independent Peter Ford, embaixador da Grã-Bretanha na Síria entre 1999 e 2003.

    Ford sublinhou que o Reino Unido interpretou incorretamente a situação no país desde o início do conflito e que Londres "julgou mal a Síria em todos os momentos". De acordo com o diplomata, agora Londres afirma falsamente que o governo de Bashar Assad não controla o país quando, pelo contrário, "ele está prestes a fazê-lo".

    No total, o ex-embaixador destacou três mentiras do Ministério das Relações Exteriores britânico:

    1. O Ministério das Relações Exteriores disse desde o início do conflito sírio que "a morte de Assad era iminente".

    2. "A oposição é dominada pelos 'moderados'" é uma afirmação que, de acordo com Ford, acabou por não ser verdade.

    Segundo o ex-embaixador, o país devia se abster de encorajar a oposição a montar uma campanha condenada.

    3. "Bashar Assad não consegue controlar o resto do país”, uma declaração que o diplomata chamou de "outra grande mentira".

    Em 22 de dezembro, o governo de Bashar Assad anunciou que tinha libertado completamente a cidade de Aleppo com a ajuda da aviação russa.

    Mais:

    Reino Unido promete enviar US$ 12 milhões em ajuda humanitária para a Síria
    Daily Mail: 'Reportagens de Aleppo' são escritas por pessoas sentadas em Londres
    'Como os crimes na Síria podem ser investigados por aqueles que não estavam lá?'
    Tags:
    rebeldes sírios, Bashar Assad, Aleppo, Síria, Grã-Bretanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik