10:35 22 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Menina síria Bana Alabed durante entrevista em Ancara, Turquia, 22 de dezembro de 2016

    Pai da 'menina de Aleppo' Bana tem ligações com terroristas

    © AFP 2017/ ADEM ALTAN
    Oriente Médio e África
    URL curta
    224123319

    Mais cedo, a Sputnik contou sobre a menina de 7 anos de Aleppo cujas mensagens no Twitter descreviam a vida desastrosa em Aleppo Oriental provocada pelo exército sírio. Agora surgem mais detalhes sobre a vida desta menina usada como meio de propaganda.

    Há dias, na página do presidente turco Recep Tayyip Erdogan foi publicada uma foto de Bana com sua família na recepção no palácio presidencial em Ancara.

     

    Usuários de redes sociais publicaram uma foto em que o pai de Bana está no meio de militantes com um fuzil de assalto na mão.

    A conta de outro usuário do Facebook divulgou várias fotos do pai da menina síria com terroristas. Há uma foto da própria menina com um homem que também tinha sido visto na companhia de militantes.

    Um dos usuários do Facebook notou que antes Bana tinha dito que seu pai foi morto. Entretanto, agora vemo-lo de boa saúde vivendo na Turquia.

    Família de Bana Alabed: Bana, a sua mãe Fatemah, irmãos Nour e Laith, pai Ghassan, durante a entrevista em Ancara, Turquia, 22 de dezembro de 2016
    © AFP 2017/ ADEM ALTAN
    Família de Bana Alabed: Bana, a sua mãe Fatemah, irmãos Nour e Laith, pai Ghassan, durante a entrevista em Ancara, Turquia, 22 de dezembro de 2016

    Há uma foto onde o pai de Bana está com fuzil na mão com a bandeira do Daesh em fundo.

    A menina Bana Alabed tem 7 anos. Sua mãe Fatemah, professora de inglês, criou-lhe uma conta no Twitter em setembro, quando as tropas de Bashar Assad apoiadas pela Rússia começaram o assalto à parte oriental da cidade controlada pelos rebeldes. Bana descrevia em inglês a situação na cidade como um "massacre". Em alguns meses sua página obteve mais de 350 mil seguidores.

    Mais:

    Ministro da Defesa russo: libertação de Aleppo contribuirá para cessar-fogo na Síria
    Putin: Libertação de Aleppo teria sido impossível sem participação russa
    Assad: 'libertação de Aleppo é uma vitória da Rússia e do Irã'
    Últimos militantes deixam Aleppo e governo sírio controla 100% da cidade
    ONU fica satisfeita com evacuação de Aleppo e destaca ajuda russa
    ONU tem acesso à maioria dos bairros de Aleppo oriental
    Opinião: libertação de Aleppo é 'o maior avanço' que dá esperança na paz síria
    Tags:
    menina, terrorismo, Daesh, Bana al-Alabed, Turquia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik