10:30 22 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Manifestantes correm dos soldados enviados para dispersar um protesto contra o presidente Joseph Kabila em Kinshasa (arquivo)

    Polícia mata manifestantes em protesto contra o governo no Congo

    © AFP 2017/ Papy Mulongo
    Oriente Médio e África
    URL curta
    221401

    Forças de segurança do Congo mataram ao menos oito civis e feriram outros 35 durante um protesto na cidade de Lubumbashi contra o presidente Joseph Kabila.

    De acordo com a ONG Humanismo e Direitos Humanos (HDH), as mortes ocorreram entre ontem e hoje, no distrito de Katuba. Vários escritórios governamentais foram atacados pela população, bem como centros de saúde e postos de gasolina. Um policial ficou ferido na ação.

    Fontes do governo disseram não ter informações sobre mortos em protesto na região. 

    Kabila, que está no poder desde 2001, assumiu o governo logo após a morte de seu pai, Laurent-Désiré Kabila. Em 2006, foi formalmente eleito presidente, cargo para o qual foi reeleito em 2011. Seu segundo mandato deveria terminar em 2016, mas o chefe de Estado se recusa a deixar a presidência e informou que não pretende realizar novas eleições antes de 2018.

    Mais:

    Milícia no nordeste do Congo mata 30 civis
    Governo brasileiro condenou ataque contra tropas de paz da ONU no Congo
    Governo da República Democrática do Congo expulsará ativistas estrangeiros do país
    Tags:
    manifestação, protestos, Laurent-Désiré Kabila, Joseph Kabila, Katuba, Congo, Lubumbashi
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik