10:01 17 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Coletiva de imprensa de chanceleres do Irã, Rússia e Turquia em Moscou, Rússia, 20 de dezembro de 2016

    Ações da Rússia, Turquia e Irã ajudarão a ultrapassar impasse na situação na Síria

    © Sputnik/ Ilya Pitalev
    Oriente Médio e África
    URL curta
    470

    Os chefes da diplomacia russa, iraniana e turca acordaram uma declaração conjunta sobre a reanimação do processo político para resolver o conflito na Síria, disse na terça-feira (20) o ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov.

    Segundo Lavrov, a "declaração confirma o respeito pela soberania, independência e integridade territorial da Síria como país multiétnico, multiconfessional, democrático e secular".

    "Concordamos em continuar a desenvolver a cooperação futura", disse ele na coletiva de imprensa depois das negociações com os seus homólogos turco e iraniano em Moscou.

    "Estamos seguros de que, em uma altura em que a implementação das resoluções do Conselho de Segurança da ONU demora, as ações <…> dos nossos três países ajudarão a ultrapassar o impasse nos esforços de regularização, com base na resolução do Conselho de Segurança, e ajudarão a impulsionar os processos de parar a violência, de fornecimento de ajuda humanitária e criação de condições para um processo político inclusivo e eficiente", acrescentou o ministro.

    Segundo o diplomata russo, o Irã, a Rússia e a Turquia também confirmaram "a sua firmeza em lutar em conjunto contra o Daesh e Frente al-Nusra e demarcá-los dos grupos da oposição armada".

    "Os três países comprometem-se a lutar em conjunto contra o Daesh e Frente al-Nusra, contra os seus grupos afiliados e demarcar estes grupos dos outros oposicionistas na Síria. Prometemos que em conjunto com os nossos amigos que estavam presentes neste encontro, faremos esforços para cooperar nesta área, tendo em conta que os grupos terroristas são perigosos para todo o mundo — na Turquia, Alemanha, Suíça", disse o ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif.

    Por seu turno, o chanceler turco Mevlut Cavusoglu afirmou que os participantes da reunião trilateral discutiram o cessar-fogo em Aleppo e a sua extensão para outras regiões da Síria.

    Segundo ele, até agora 37 mil pessoas foram libertadas de Aleppo.

    "Aqui a Rússia deu uma grande contribuição. Também discutimos hoje como assegurar o cessar-fogo na Síria e estendê-lo para outras regiões da Síria", disse.

    Mais:

    Putin e Erdogan discutem crise síria e estreitam contatos sobre evacuação de Aleppo
    Síria: Assassinato do embaixador russo na Turquia é 'crime abominável' e 'covarde'
    Trump: países do Golfo Pérsico devem pagar pela paz na Síria
    Tags:
    declaração, resolução, negociações, conflito, Mevlut Cavusoglu, Sergei Lavrov, Mohammad Javad Zarif, Turquia, Irã, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik