00:30 25 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Evacuação em curso em Aleppo oriental, 15 de dezembro de 2016

    Mulheres e crianças evacuadas dos bairros controlados por militantes em Aleppo

    © REUTERS / Abdalrhman Ismail
    Oriente Médio e África
    URL curta
    260

    O Ministério da Defesa da Rússia informou na sexta-feira (16) que todas as mulheres e crianças foram evacuadas dos bairros que estão sob controle dos militantes em Aleppo oriental.

    O ministério especificou que, durante toda a operação nos bairros de Aleppo oriental, o Centro para a Reconciliação na Síria russo evacuou 9.500 pessoas.

    Segundo a entidade, mais de 4.500 militantes e 337 feridos foram evacuados para fora de Aleppo.

    Ao mesmo tempo o ministério comunica que o exército sírio está continuando a libertação de alguns quarteirões de Aleppo onde permanecem militantes radicais.

    O Crescente Vermelho Árabe Sírio está continuando a evacuação de Aleppo oriental, apesar do ataque dos militantes contra a coluna no bairro de Ramuse, informou à Sputnik Internacional a representante desta organização, Muna al-Kurdi.

    "A nossa coluna de 10 ambulâncias, automóveis de serviços locais e mais um veículo de emergências, com 100 funcionários, ainda se encontram nos locais, eles estão completamente prontos para cumprir sua missão", comunicou a representante.

    Anteriormente uma fonte no quartel-general da operação informou à agência RIA Novosti que os militantes abriram fogo contra a coluna de ônibus que evacuava pessoas de Aleppo oriental e que as negociações com terroristas, através de intermediários, foram suspensas. Por seu turno, uma fonte na sede da milícia síria revelou que os "militantes retiraram todos os que queriam, inclusive os feridos".

    Em 16 de dezembro o Centro para a Reconciliação na Síria russo informou que mais de 6 mil pessoas, incluindo rebeldes, deixaram Aleppo oriental nas primeiras 24 horas da operação de evacuação.

    Mais:

    Rebeldes de Aleppo tentam levar prisioneiros consigo durante evacuação
    Sem acordo, 'Idlib será a próxima Aleppo', alerta enviado da ONU para a Síria
    Novo comboio com rebeldes evacua de Aleppo
    Tags:
    famílias, militantes, evacuação, mulheres, crianças, RIA Novosti, Sputnik, Aleppo oriental, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik