04:16 22 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Ministro das Relações Exteriores do Irã Mohammad Javad Zarif e o chanceler russo Sergei Lavrov durante o encontro em Moscou, Rússia, outubro de 2016

    'Cooperação entre Rússia e Irã alcança nível sem precedentes dos últimos 500 anos'

    © Sputnik/ Vitaly Belousov
    Oriente Médio e África
    URL curta
    2202

    Durante os últimos dois anos, as relações entre a Rússia e o Irã atingiram um nível sem precedentes, disse na sexta-feira (16) o embaixador iraniano Mehdi Sanaei, acrescentando que espera que em 2017 Teerã consiga assinar um acordo de cooperação com a União Econômica Euroasiática.

    ''Teerã está realizando um diálogo sério com a União Euroasiática. Há esperanças de que o acordo sobre a cooperação possa ser assinado em 2017'', disse Sanaei discursando no terceiro Fórum anual de Cientistas em Estudos Iranianos em Moscou.

    ''Realizamos o encontro em uma altura em que aconteceram mudanças positivas nas relações entre Moscou e Teerã. Durante os últimos dois anos, passamos por um período de melhoria sem precedentes das relações em todas as áreas: política, defesa, economia, turismo e cultura. O que observamos hoje no desenvolvimento das relações bilaterais é a expressão da experiência histórica dos nossos dois povos. O nível <…> da nossa interação estratégica é agora algo sem precedentes dos últimos 500 anos'', disse. 

    Voluntários sírios carregam um ferido em Aleppo
    © AFP 2018/ THAER MOHAMMED
    Além disso, o embaixador afirmou que a cooperação militar e regional entre a Rússia e o Irã também tem tido bons resultados. 

    ''Têm acontecido mudanças positivas na cooperação na área de defesa e segurança. Quanto à cooperação regional, é evidente, sabem da libertação de Aleppo, o que prova os resultados da cooperação entre os nossos países'', disse Sanaei.

    O Irã presta à Síria ajuda militar (conselheiros) e humanitária na luta contra os terroristas. Teerã enviou um grupo de tropas especiais de desembarque para a Síria, que servem como conselheiros militares. O Irã disse repetidamente que os voluntários iranianos que combatem na Síria não pertencem ao exército iraniano.

    Mais:

    Irã testa novos mísseis interceptores em treinos de grande escala
    Irã poderá cancelar acordo nuclear caso EUA não cumpram o esperado
    China apoia Irã em nova ronda de confrontação com EUA
    Quem foi o primeiro a violar o acordo sobre programa nuclear iraniano?
    Tags:
    progresso, relações bilaterais, acordo, cooperação, Rússia, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik